Compromisso Meu

by

Chega! Eu mesmo já não consigo mais! É impossível para mim continuar a escrever sobre estes sentimentos passionais, ainda mais da forma com que venho fazendo, triste, saudosa, esperançosa pelo que bem pode ser – mal pode ser. O senhor Carlito BacK já vinha me alertando sobre este vício de por nas letras apenas os momentos ruins, de medo, de dor, de sentimentos escuros. É necessário, com toda a certeza, expressar esse nosso ser mais denso, mais pesado e saudoso da luz, mas há de se ser comedido, fazer isso da forma devida, no momento necessário, e não como se essa fosse a única constante em nossa vida, como se fossemos esse pano negro e doloroso.

Compormeto-me hoje, com excessão de um outro texto já concluído que estou digitando, em vir a escrever coisas mais leves, mais claras, falar da vida, do sorriso, dos amigos, das coisas do dia-a-dia que nos enriquecem a vida. Isso não significa que passarei a ser o grande otimista que acredita e enxerga apenas a parte boa da vida, um ser que nos dá raiva e inveja por estar sempre bem – isto é impossível ao ser humano de verdade, estar sempre bem – mas será necessário agora um balanceamento maior. Não venho tendo dias assim tão ruins quanto o texto parece expor, mas é que venho me prendendo a este tipo de escrita que parece levar-me na correnteza de um rio fluido, sempre denso, que não permite-me subir a luz, mas ficar ao fundo no negro e agradável rolar das águas.

Quero falar da vida, dos meus deuses, das pessoas com suas peculiaridades, das conversas com os amigos, das coisas de floripa, das coisas, coisas sobre coisas. Quero o gozo de saber que bem escrevo, escrevo bem. Ainda há muito, mas muito mesmo, a trilhar por estes caminhos de parágrafos, personas, enredos, letras e significados, mas vou me aventurando, sempre com passos curtos, apoiado a uma árvore e outra, perguntando a alguém no caminho por onde seguir, mas vou. Um dia talvez me caiba a imortalidade, mas isso não é nada se comparado ao gigantesco prazer de escrever, de ler e de ser lido.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: