No Momento (Editado)

by

Bom, essa madrugada calhou de eu parar na frente do PC e refazer o texto. Esse novo final me pareceu bem melhor, não aquela coisa só da tristeza, mas um quê deste orgulho que carregamos conosco e nos faz calar quando queremos mesmo é gritar a tudo e todos.

Se pudesse não veria. Se pudesse não ouviria.
Também não responderia, eu não concordaria.
Se pudesse deixaria de querer ver, ouvir, ter,
Mas não posso, não consigo. Tento, não consigo.
Dói não ter, dói não ver, dói não ouvir.
Preferia te desconhecer, não mais te reconhecer;
Preferia te perder e nunca mais encontrar. Mas encontro.
A cada encontro vejo que me perco mais, te perco.
Contudo, agora tanto faz, o que foi não volta…
O que ouço, o que vejo, aquilo que de ti tenho,
Que é nada, com todo esse meu querer, que é tudo,
Só me fazem triste, triste como só eu sei ser.
Se pudesse não falaria, eu não escreveria;
Apenas esconderia que ainda te quero aqui, minha.

Uma resposta to “No Momento (Editado)”

  1. Camila Says:

    Nossa. Posso dizer que chegou a me dar um arrepio? Ficou muito bom.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: